Como descartar óleo de fritura?

Descarte de óleo

E aí, curte um pastelzinho? Aquela batata-frita com os amigos? Ou prefere um belo filé à milanesa para o almoço de domingo? Independente da sua preferência, um ingrediente é comum a todos estes (e muitos outros) pratos: o óleo de cozinha utilizado na fritura. A maior parte dos cozinheiros, desde os profissionais até os de fim de semana, utiliza o óleo vegetal para fritar os alimentos. O que muita gente não sabe é que existe uma forma correta de descarte deste óleo após o uso e até formas de recicla-lo.
O descarte incorreto pode causar inúmeros prejuízos ao meio ambiente e ao sistema de esgoto. A SABESP, companhia responsável pelo saneamento básico do Estado de São Paulo, montou o Programa de Reciclagem de Óleo de Fritura com o intuito de informar estas consequências à população.
Muitas pessoas têm o hábito de simplesmente jogar o óleo usado na pia, o que gera obstruções nas caixas de gordura das residências, na tubulação de esgoto do município e danifica até mesmo os equipamentos das Estações de Tratamento de Água e Esgoto. Todo esse prejuízo custa milhares de reais para ser revertido e poderia ser facilmente evitado.
Mas quando o óleo chega até a natureza o prejuízo causado não pode ser revertido. O óleo que chega até corpos d’água é degradado por microrganismos presentes no ambiente a este processo consome o oxigênio dissolvido na água, o que resulta na morte por asfixia de animais como peixes, crustáceos e moluscos.
Além disso, devido a sua viscosidade, o óleo forma uma barreira na superfície da água, prejudicando as trocas gasosas do ambiente aquático com o meio externo. Processo semelhante acontece quando o óleo alcança o solo – ocorre a proliferação exagerada de microrganismos e um desequilíbrio químico no solo, o que pode causar danos à vegetação presente na região afetada.
Felizmente o descarte apropriado do óleo de cozinha usado é capaz de prevenir todos estes problemas. O processo é bem simples: após fritar seu alimento, armazene o óleo usado em uma garrafa PET bem vedada para evitar vazamentos, pode até usar um funil para facilitar a colocação do óleo, e quando a garrafa estiver cheia entregue em um posto de descarte de óleo. Também é possível verificar a disponibilidade de coleta domiciliar realizada principalmente por empresas de coleta de lixo e ONG’s que trabalham com reciclagem. Vale a pena pesquisar se sua residência está na área de atuação de algum desses grupos.
Se não for o caso, diversos locais criaram postos de descarte de óleo de cozinha usado, como universidades, shoppings, postos de gasolina, prefeituras e centros comunitários. Mas se você não souber de nenhum lugar, uma rápida pesquisa na internet irá localizar, através do seu CEP, o posto de coleta mais próximo a você.
O óleo descartado é recolhido por cooperativas de reciclagem e será utilizado posteriormente para fabricar biodiesel, sabão, tintas a óleo, entre outros produtos. E se você gosta de botar a mão na massa e criar seus produtos, é possível fazer sabão caseiro com o óleo usado. Alternativas para evitar a contaminação do meio ambiente não faltam! Lembre-se disso da próxima vez que for cozinhar.

Descarte de óleo

Por Thayza Melzer – Marketing Simbiosis