Como funciona a neutralização dos Gases do Efeito Estufa?

        Naturalmente, o efeito estufa é essencial para manter a estabilidade na temperatura da Terra, mas ao ser agravado por ação humana, torna-se um problema. A utilização excessiva de carros, o consumo exagerado de energia elétrica e até mesmo a realização de eventos, como convenções e palestras, contribuem com a emissão de gases que aumentam esse fenômeno. O infográfico a seguir explica como ocorre o efeito estufa.

aquecimento-global-grafico-01

Infográfico sobre o efeito estufa. (Fonte: Editora Abril)

      Uma alternativa para a redução dos gases de efeito estufa (GEE) é a sua neutralização. Essa é uma forma de diminuição de poluentes como o dióxido de carbono (CO2), gás considerado como o principal responsável pela ampliação do efeito estufa na Terra.

      A neutralização de GEE pode ser feita através do reflorestamento, que consiste no plantio de mudas em uma área previamente estabelecida. Funciona assim:

        O cálculo dos gases emitidos é feito por meio de um programa onde a partir de dados como o número de aparelhos eletrônicos uma empresa usa, por exemplo, é feito o cálculo da quantidade de GEE que a empresa emite e quantas mudas são necessárias para neutralizá-la. Outros fatores importantes para o cálculo de GEE é a locomoção e combustão estacionária (quantos poluentes são liberados diretamente da queima de combustíveis fósseis).

      É necessário um local adequado para o plantio, dependendo da quantidade de plantas que serão necessárias, sendo priorizadas áreas de reflorestamento.

     Para decidir qual muda será utilizada, é realizada uma pesquisa levando em consideração sua biologia (diferentes plantas conseguem “absorver” diferentes quantidades de carbono – o que chamamos de sequestro do carbono) e o local a ser plantado, prezando por uma planta nativa.

        Após o plantio, as mudas irão crescer e se estabelecer, para realizar o sequestro de carbono.

      A neutralização de GEE é indicada à todas as empresas para diminuir seu impacto no meio ambiente, assim, tornando-se mais conscientes por se importarem com o futuro das próximas gerações. Essa ação traz uma visibilidade melhor perante o público, podendo também ser um fator de aproximação de novos clientes. Além de empresas, a neutralização de GEE pode ser aplicada à qualquer instituição ou evento que gere um impacto considerável no meio ambiente.

       E você, já pensou em fazer da sua empresa uma organização zero impacto? 

      Em Florianópolis, a Simbiosis realiza o serviço de compensação dos gases de efeito estufa. Para fazer um diagnóstico da viabilidade de aplicação deste serviço ou saber mais, entre em contato conosco.

Download do artigo