EAS – Campus Joinville

A área escolhida pela Universidade Federal de Santa Catarina na cidade de Joinville–SC, para abrigar o novo campus, entrou em processo de Licenciamento Ambiental e era necessário um Estudo Ambiental Simplificado (EAS) para ser apresentado à Fundação Municipal de Meio Ambiente de Joinville – FUNDEMA.Para a elaboração do EAS, a UFSC convocou suas unidades, através de professores, técnicos e estudantes de graduação e pós-graduação que compuseram o inventário biótico, físico e arqueológico. O Centro de Ciências Biológicas ficou responsável pelo levantamento da fauna do local e, no uso de suas atribuições, a Diretora do centro contratou a Simbiosis, o técnico Dr. Maurício Eduardo Graipel e a Prof. Dra. Sônia Buck que juntos, selecionaram estudantes para auxiliarem em campo. A Simbiosis atuou, então, no gerenciamento das atividades e na comunicação entre as partes interessadas, tendo realizado a elaboração do projeto, as atividades em campo, a elaboração do relatório e a apresentação ao órgão licenciador para a construção do empreendimento.

Projeto Fazenda Experimental da Ressacada

A fim de se ter uma avaliação dos possíveis impactos decorrentes de obras previstas na região da Fazenda da Ressacada e Campus do Sul da ilha em Florianópolis, onde ocorrem as aulas práticas de alguns cursos da Universidade Federal de Santa Catarina, o diretor do Centro de Ciências Agrárias da UFSC, professor Edemar Andreatta, contatou a Simbiosis e foi solicitado um levantamento faunístico de vertebrados da região e a confecção de um Estudo Ambiental Simplificado (EAS). O gerenciamento dos projetos, o acompanhamento nas atividades em campo e a elaboração dos relatórios foram realizados pela Simbiosis. A execução do projeto se deu no período de um ano e dois meses, constando que o levantamento faunístico se realizou em um ano e o Estudo Ambiental Simplificado ocorreu nos dois meses imediatamente seguintes após o levantamento.  

Projeto Parques e Fauna

  Parques e Fauna é um projeto de pesquisa e conservação de patrimônios naturais de Santa Catarina, coordenado pelo Dr. Maurício E. Graipel, servidor do Departamento de Ecologia e Zoologia do Centro de Ciências Biológicas da UFSC. A Simbiosis se inseriu nesse projeto, que teve início em 1998, para realizar a gestão da produção de conhecimento nas pesquisas realizadas em dois municípios, Bombinhas – SC, na Área de Relevante Interesse Biológico (ARIE) Costeira de Zimbros, e em Porto Belo – SC, na Área de Proteção Ambiental (APA) Ponta do Araçá. Na ocasião, a Simbiosis trabalhou na gestão, do conhecimento produzido e das equipes de pesquisadores e alunos, na fiscalização das atividades desenvolvidas, e na produção do banco de dados dos meios faunístico e florístico usado na produção dos Planos de Manejo das duas Unidades de Conservação (UC), que evolveram os dados de vários grupos faunísticos e florísticos, os inventários físicos, geológicos e hidrográficos, e humanos das áreas em que essas UCs foram inseridas. Esse projeto também teve contato direto com a sociedade envolvida nos arredores dessas Unidades de Conservação, com a apresentação de Seminários para o público geral, e, após a realização dos levantamentos, o conhecimento científico produzido foi transformado em um livro de divulgação científica “ Biodiversidade da Costa Esmeralda– Um patrimônio Natural“.

Trilha do Rio do Braz

O Sapiens Parque é uma área de 4,5 milhões de m² localizada no Norte da ilha de Santa Catarina, Florianópolis – SC. É um local que visa a inovação e o desenvolvimento de segmentos que guiam a cidade de Florianópolis, como é o caso do turismo e da tecnologia, sempre aliando a preservação do meio ambiente com o bem estar dos seus visitantes. A trilha do Rio do Braz apresenta uma extensão de aproximadamente 1,3 km e está localizada dentro do Sapiens Parque. Nesse projeto, a Simbiosis realizou o planejamento da logística de operação e funcionamento da trilha, a elaboração de um plano de captação de recursos que buscava formas de torná-la sustentável.  

Projeto RECICLO

O RECICLO é um projeto da Simbiosis voltado a Educação Ambiental realizado no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) – Campus São José, com a temática de Gestão Ambiental, que aconteceu em duas edições: a primeira de Março a Agosto de 2014 e a segunda de Outubro a Dezembro do mesmo ano. Os principais temas abordados na primeira edição do projeto foram: Agroecologia e Gestão de resíduos. As atividades realizadas foram voltadas a alunos e servidores de todo campus a fim de criar um pensamento ecológico e maior preocupação com o meio ambiente. Dentre as atividades, aconteceram diversas oficinas, palestras e rodas de discussão, apresentação de filmes, mutirões de coleta de lixo reciclável, além da confecção de uma Horta agroecologica comunitária e Composteira. Outra medida foi a instituição de um ponto de coleta de óleo usado no Campus da instituição. Na segunda edição do projeto, o principal tema trabalhado foi gestão de resíduos eletrônicos, por ser uma demanda do Campus, que, por possuir escola técnica na área de eletrônica, possuía uma enorme quantidade de resíduos eletrônicos sem descarte devido.A elaboração e execução de todas as atividades foram propostas e realizadas pela empresa. Após o termino do projeto, as atividades foram entregues ao encargo dos servidores do Campus, que passaram adiante os ideais do projeto.

Livro: Biodiversidade da Costa Esmeralda

A produção do Livro ilustrativo: “Biodiverdidade da Costa Esmeralda, um patrimônio natural” trata sobre os levantamentos de fauna e flora realizados nas Unidades de Conservação APA Ponta do Araçá, em Bombinhas – SC e ARIE Costeira de Zimbros, em Porto Belo – SC, parte da região também conhecida como Costa Esmeralda. Estas áreas fizeram parte dos levantamentos faunísticos e florísticos do projeto Parques e Fauna, levantamentos coordenados pela Simbiosis. A produção do livro teve intuito de divulgar as pesquisas realizadas, conscientizar sobre a importância das unidades de conservação, despertar a curiosidade, admiração e respeito da sociedade pela natureza. O Livro foi estruturado conforme os grupos estudados durante o projeto anterior, apresentando imagens e informações sobre a fauna e flora presente na região. Dentre os capítulos, se encontram informações sobre a vegetação, diversidade de mamíferos, aves, anfíbios, répteis peixes e insetos presentes na Costa Esmeralda. A Simbiosis ficou encarregada da edição do livro, assim como revisão do texto e compilamento de imagens. Para a Execução do Projeto, houve ainda, a participação de duas empresas juniores; Uipi, Empresa Júnior de Design e Comunica!, Empresa Júnior de Jornalismo, além de consultores externos, dentre eles: estudantes da universidade, professores e demais pessoas envolvidas no Parques e Fauna.